sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Pet, Adriano e Love juntos pela primeira vez


Quem foi ao treino desta quinta-feira na Gávea acabou presenteado. Ao olhar para o campo, viu, pela primeira vez, Petkovic, Vagner Love e Adriano juntos e em plena ação. Nem tanto pelo rendimento dos jogadores, que pouco empolgaram, mas pelo aceno de que o Flamengo 2010, enfim, dará as suas caras amanhã. Com Love regularizado e Adriano liberado, o provável é que ambos enfrentem o Bangu.

O documento que faltava da Rússia chegou na quarta-feira à CBF, mas, como era feriado, tudo só foi regularizado nesta quinta. Já Adriano deu provas de que está recuperado da bolha no calcanhar esquerdo. Pela primeira vez no ano, tirou o esparadrapo, calçou a chuteira e foi a campo sem mostrar qualquer indício de dor. Um deleite para a torcida.

Adriano e Vágner Love treinam pela primeira vez juntos

Com os jogadores em plena movimentação, foi possível perceber que a promessa de Andrade será cumprida: Love ficará pelos lados, flutuando, enquanto Adriano permanecerá mais fixo, para ser o finalizador. Em determinados momentos, porém, Adriano recuou para fazer o papel de garçom a Love, que entra como uma flecha na defesa adversária. Petkovic, mais recuado, fazia o papel de maestro para os dois astros na frente.

Léo Moura, pelo lado direito, também foi uma das armas ofensivas da equipe no treino com outros reservas, que terminou sem gols. Empolgado com a presença de astros desse quilate, Léo Moura garantiu que o trio tem tudo para alegrar a nação rubro-negra.

– Nunca peguei esse pessoal, não. Ainda bem (risos). Imagine a dificuldade para marcar. Os adversários que vão pensar na noite anterior. Tem de jogar o medo para o outro lado – afirmou o lateral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário